Manpages

NOME

chroot − altera o diretório raiz

SINOPSE

#include <unistd.h>

int chroot(const char *path);

DESCRIÇÃO

chroot altera o diretório raiz para aquele específicado no path. Este diretório será usado pelos nomes de caminhos começando com /. O diretório raiz é herdado por todos filhos do processo corrente.

Somente o super-usuário pode alterar o diretório raiz.

Note que esta chamada não altera o diretório atual de trabalho, de forma que ’.’ pode estar fora da árvore raiz em ’/’.

VALORES RETORNADOS

Em caso de sucesso, zero é retornado. Caso contrário, −1 é retornado, e errno é selecionado adequadamente.

ERROS

Dependendo do sistema de arquivos, outros erros podem ser retornados. Os erros mais gerais são listados abaixo:

EPERM

A UID efetiva não é zero.

EFAULT

path aponta para fora do seu espaço de endereços acessível.

ENAMETOOLONG

Caminho é muito longo.

ENOENT

Os arquivos não existem.

ENOMEM

Memória do kernel insuficiente.

ENOTDIR

Um componente do caminho não é um diretório.

EACCES

Permissão de procura é negada em um componente do prefixo do caminho.

ELOOP

Muitas ligações simbólicas foram encontrada na resolução do caminho.

EIO

Um erro de E/S ocorreu.

DE ACORDO COM

SVr4, SVID, 4.4BSD, X/OPEN. Esta função não é parte da POSIX.1. SVr4 documenta as condições de erro adicionais EINTR, ENOLINK e EMULTIHOP. X/OPEN não documenta as condições de erro EIO, ENOMEM ou EFAULT. Esta interface é marcada como válida pela X/OPEN.

VEJA TAMBÉM

chdir(2)

TRADUZIDO POR LDP-BR em 21/08/2000

André L. Fassone Canova <lonelywolf [AT] blv.br> (tradução) Fábio Henrique F. Silva <fabiohfs [AT] mail.com> (revisão)

COMMENTS