Manpages

NOME

rmdir − apagua um diretório

SINOPSE

#include <unistd.h>

int rmdir(const char *pathname);

DESCRIÇÃO

rmdir apaga um diretório, o qual deve estar vazio.

VALORES RETORNADOS

Em caso de sucesso, zero é retornado. Caso contrário, −1 é retornado, e errno é selecionado adequadamente.

ERROS

EPERM

O sistema de arquivos contendo pathname não suporta a remoçã de diretórios.

EFAULT

pathname aponta para fora do seu espaço de endereços acessível.

EACCES

Acesso de escrita para o diretório contendo Write access to the directory containing pathname não é permitido para processos com uid efetiva, ou um dos diretórios em pathname não permitem busca (execução).

EPERM

O diretório contendo The directory containing pathname tem o bit contrário selecionado (S_ISVTX) e o processo de uid efetiva não é nada a uid do arquivo para ser deletado não é do diretório que o contém.

ENAMETOOLONG

pathname é muito longo.

ENOENT

Um componente do diretório em pathname não existe ou é uma ligação simbólica quebrada.

ENOTDIR

pathname, ou um componente usado como um diretório em pathname, não é, de fato, um diretório.

ENOTEMPTY

pathname contém entrada exceto . and .. .

EBUSY

pathname é o diretório de trabalho atual ou o diretório raiz para vários processos.

ENOMEM

Memória do kernel disponível é insuficiente.

EROFS

pathname refere-se a um arquivo em um sistema de arquivos de leitura apenas.

ELOOP

Muitas ligações simbólicas foram encontrada na resolução do pathname.

DE ACORDO COM

SVr4, SVID, POSIX, BSD 4.3

PROBLEMAS

Problemas no protocolo base NFS podem provocar desaperecimentos inesperados de diretórios que ainda estão em uso.

VEJA TAMBÉM

rename(2), mkdir(2), chdir(2), unlink(2), rmdir(1), rm(1)

TRADUZIDO POR LDP-BR em 21/08/2000

André L. Fassone Canova <lonelywolf [AT] blv.br> (tradução) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx <xxx [AT] xxxxxx.xx> (revisão)

COMMENTS