Manpages

NOME

setresuid, setresgid − seleciona o real, efetivo e guardada do usuário ou a ID do grupo

SINOPSE

#include <unistd.h>

int setresuid(uid_t ruid, uid_t euid, uid_t suid);
int setresgid(gid_t
rgid, gid_t egid, gid_t sgid);

DESCRIÇÃO

setresuid (introduzido no Linux 2.1.44) seleciona a ID do usuário real, a ID do usuário efetiva, e a ID de usuário armazenada do processo atual.

Processo de usuários sem previlégio (i.e., processo com ID de usuário real, efetiva e guardada diferente de zero) pode alterar a ID de usuário real, efetiva e guardad, para cada uma das: a atual uid, a atual uid efetiva ou a uid atual guardada.

O superusuário pode selecionar o real, efetivo e guardada ID do usuário para valores arbitrários.

Se um dos parãmetros for igual −1, o valor correspondente não é alterado.

De forma análoga, setresgid seleciona a real, efectiva e ID de grupo guardada do processo atual, com a mesma restrição para processos com cada uma das ID´s diferentes de zero.

VALORES RETORNADOS

Em caso de sucesso, zero é retornado. Caso contrári, −1 é retornado, e errno é selecionado adequadamente.

ERROS

EPERM

O processo atual não é privilegiado e tenta alterar A Ids de um jeito não permetido.

DE ACORDO COM

Esta chamada é específica do Linux.

VEJA TAMBÉM

getuid(2), setuid(2), getreuid(2), setreuid(2), getresuid(2)

TRADUZIDO POR LDP-BR em 21/08/2000.

André L. Fassone Canova <lonelywolf [AT] blv.br> (tradução) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx <xxx [AT] xxxxxx.xx> (revisão)

COMMENTS