Manpages

NOME

adduser, addgroup − adiciona um utilizador ou grupo ao sistema

SINOPSE

adduser [opções] [−−home DIRECTÓRIO] [−−shell|−s SHELL] [−−no−create−home] [−−uid ID] [−−firstuid ID] [−−lastuid ID] [−−ingroup GRUPO | −−gid ID] [−−disabled−password] [−−disabled−login] [−−gecos GECOS] [−−add_extra_groups] utilizador

adduser −−system [opções] [−−home DIRECTÓRIO] [−−shell SHELL] [−−no−create−home] [−−uid ID] [−−group | −−ingroup GRUPO | −−gid ID] [−−disabled−password] [−−disabled−login] [−−gecos GECOS] utilizador

addgroup [opções] [−−gid ID] grupo

addgroup −−system [opções] [−−gid ID] grupo

adduser [opções] utilizador grupo

OPÇÕES COMUNS
[−−quiet] [−−debug] [−−force−badname] [−−help|−h] [−−version] [−−conf FICHEIRO]

DESCRIÇÃO

adduser e addgroup adicionam utilizadores e grupos ao sistema de acordo com opções de linha de comandos e informação de configuração em /etc/adduser.conf. Eles são frontends amigáveis para as ferramentas de baixo nível como os programas useradd, groupadd e usermod, escolhendo por predefinição valores UID e GID respeitantes da política Debian, criando um directório home com o esqueleto da configuração, executando um script personalizado, e outras funcionalidades. adduser e addgroup podem ser executados em um de cinco modos:

Adicionar um utilizador normal
Se chamado com um argumento não−opção e sem as opções −−system ou −−group, o adduser irá adicionar um utilizador normal.

adduser irá escolher o primeiro UID disponível dentro do alcance para utilizadores normais especificado no ficheiro de configuração. O UID pode ser sobreposto com a opção −−uid.

O alcance especificado no ficheiro de configuração pode ser sobreposto com as opções −−firstuid e −−lastuid.

Por predefinição, cada utilizador em Debian GNU/Linux recebe um grupo correspondente com o mesmo nome. Grupos−de−utilizadores permitem que directórios com acesso de escrita para grupos sejam mantidos facilmente ao colocar os utilizadores apropriados no novo grupo, definindo o bit set−group−ID no directório, e assegurando que todos os utilizadores usam uma umask de 002. Se esta opção for desligada ao definir USERGROUPS para no, todos os GIDs de utilizadores são definidos para USERS_GID. Os grupos principais de utilizadores também podem ser sobrepostos a partir da linha de comandos com as opções −−gid ou −−ingroup para definir o grupo por id ou nome, respectivamente. Também, utilizadores podem ser adicionados a um ou mais grupos definidos em adduser.conf seja ao definir ADD_EXTRA_GROUPS para 1 em adduser.conf,ou passando −−add_extra_groups na linha de comandos.

adduser irá criar um título de directório home para DHOME, GROUPHOMES, e LETTERHOMES. O directório home pode ser sobreposto a partir da linha de comandos com a opção −−home, e a shell com a opção −−shell. O bit set−group−ID do directório home é definido se USERGROUPS for yes, para que quaisquer ficheiros criados no directório home do utilizador tenham o grupo correcto.

adduser irá copiar ficheiros de SKEL para o directório home e irá pedir informação do finger (gecos) e uma palavra−passe. A gecos também pode ser definida com a opção −−gecos. Com a opção −−disabled−login, a conta será criada mas irá ficar desactivada até que se defina uma palavra−passe. A opção −−disabled−password não irá definir uma palavra−passe, mas o login continua a ser possível (por exemplo com chaves SSH RSA).

Se o ficheiro /usr/local/sbin/adduser.local existir, será executado após a conta do utilizador ser definida de modo a fazer quaisquer configurações locais. Os argumentos passados a adduser.local são:
nome−de−utilizador uid gid directório−home
A variável de ambiente VERBOSE é definida de acordo com a seguinte regra:

0 se

−−quiet for especificado

1 se nenhum

−−quiet nem −−debug for especificado

2 se

−−debug for especificado

(O mesmo aplica−se à variável DEBUG, mas DEBUG está obsoleto e será removido numa versão futura do adduser.)

Adicionar um utilizador de sistema
Se chamado com um argumento não−opção e a opção −−system, o adduser irá adicionar um utilizador de sistema. Se já existir um utilizador com o mesmo nome dentro do alcance uid do sistema (ou, se o uid for especificado e já existir um utilizador com esse uid), o adduser irá terminar com um aviso. Este aviso pode ser suprimido ao adicionar −−quiet.

adduser irá escolher o primeiro UID disponível do alcance para utilizadores de sistema especificado no ficheiro de configuração (FIRST_SYSTEM_UID e LAST_SYSTEM_UID). Se deseja ter um UID especificado, você pode especificá−lo usando a opção −−uid.

Por predefinição, os utilizadores do sistema são colocados no grupo nogroup. Para colocar o novo utilizador de sistema num grupo já existente, use as opções −−gid ou −−ingroup. Para colocar o novo utilizador de sistema num novo grupo com o mesmo ID. use a opção −−group.

É criado um directório home pelas mesmas regras como para utilizadores normais. O novo utilizador de sistema irá ter a shell /usr/sbin/nologin (a menos que seja sobreposto pela opção −−shell), e irá ter os logins desactivados. Os ficheiros de configuração esqueleto não são copiados.

Adicionar um grupo de utilizadores
Se o adduser for chamado com a opção −−group e sem a opção −−system, ou se addgroup for chamado respectivamente, será adicionado um grupo de utilizadores.

Será escolhido um GID do alcance especificado para GIDS de sistema no ficheiro de configuração (FIRST_GID, LAST_GID). Para sobrepor esse mecanismo você pode fornecer o GID usando a opção −−gid.

O grupo é criado sem nenhum utilizador.

Adicionar um grupo de sistema
Se addgroup for chamado com a opção −−system, será adicionado um grupo de sistema.

Será escolhido um GID do alcance especificado para GIDS de sistema no ficheiro de configuração (FIRST_SYSTEM_GID, LAST_SYSTEM_GID). Para sobrepor esse mecanismo você pode fornecer o GID usando a opção −−gid.

O grupo é criado sem nenhum utilizador.

Adicionar um utilizador existente a um grupo existente
Se chamado com dois argumentos não−opção, adduser irá adicionar um utilizador existente a um grupo existente.

OPÇÕES

−−conf FICHEIRO

Usa FICHEIRO em vez de /etc/adduser.conf.

−−disabled−login

Não executa o passwd para definir a palavra−passe. O utilizador não poderá usar a sua conta até que a palavra−passe seja definida.

−−disabled−password

Tal como −−disabled−login, mas os logins continuam a ser possíveis (por exemplo usando chaves SSH RSA) mas não usando autenticação por palavra−passe.

−−force−badname

Por predefinição, os nomes de utilizadores e grupos são verificados contra uma expressão regular configurável NAME_REGEX especificada no ficheiro de configuração. Esta opção força adduser e addgroup a aplicar apenas uma verificação fraca para validade do nome. NAME_REGEX está descrito em adduser.conf(5).

−−gecos GECOS

Define o campo gecos para a entrada nova gerada. O adduser não irá pedir informação finger se esta opção for fornecida.

−−gid ID

Ao criar um grupo, esta opção força o novo groupid ao número fornecido. Ao criar um utilizador, esta opção irá colocar o utilizador nesse grupo.

−−group

Quando combinado com −−system, é criado um grupo com o mesmo nome e ID que o utilizador de sistema. Se não for combinado com −−system, é criado um grupo com o nome fornecido. Esta é a acção predefinida se o programa for invocado como addgroup.

−−help

Mostra instruções breves.

−−home DIR

Usa DIR como o directório home do utilizador, em vez da predefinição especificada pelo ficheiro de configuração. Se o directório não existir, ele é criado e são copiados os ficheiros de esqueleto.

−−shell SHELL

Usa SHELL como a shell de login do utilizador, em vez da predefinição especificada pelo ficheiro de configuração.

−−ingroup GROUP

Adiciona o novo utilizador ao GRUPO em vez a um grupo−de−utilizador ou ao grupo predefinido por USERS_GID no ficheiro de configuração. Isto afecta o grupo principal dos utilizadores. Para adicionar grupos adicionais, veja a opção add_extra_groups.

−−no−create−home

Não cria o directório home, mesmo que este não exista.

−−quiet

Suprime mensagens informativas, apenas mostra avisos e erros.

−−debug

É detalhado, muito útil de deseja descobrir um problema com o adduser.

−−system

Cria um utilizador ou grupo de sistema.

−−uid ID

Força o novo id de utilizador a ser o número fornecido. O adduser irá falhar se o id de utilizador já estiver atribuído.

−−firstuid ID

Sobrepõe o primeiro uid no alcance de onde o uid é escolhido (sobrepõe FIRST_UID especificado no ficheiro de configuração).

−−lastuid ID

Sobrepõe o último uid no alcance de onde o uid é escolhido a partir de ( LAST_UID )

−−add_extra_groups

Adiciona o novo utilizador aos grupos extra definidos no ficheiro de configuração.

−−version

Mostra informação de versão e copyright.

VALORES DE SAÍDA

0

O utilizador existe como especificado. Isto pode ter 2 causas: O utilizador foi criado pelo adduser ou o utilizador já estava presente no sistema antes do adduser ser invocado. Se o adduser retornava 0, invocar o adduser uma segunda vez com os mesmo parâmetros irá retornar 0 como antes.

1

A criação do utilizador ou grupo falhou porque já estava presente com outro UID/GID diferente do especificado. O nome de utilizador ou nome de grupo foi rejeitado devido a um desencontro com as expressões regulares configuradas, veja adduser.conf(5). Adduser foi abortado por um sinal.

Ou por muitas razões ainda não documentadas que são então escritas na consola. Você deve considerar remover a opção −−quiet para tornar o adduser mais detalhado.

FICHEIROS

/etc/adduser.conf

Ficheiro de configuração predefinida para o adduser e addgroup

/usr/local/sbin/adduser.local

Adições personalizadas opcionais

VEJA TAMBÉM

adduser.conf(5), deluser(8), groupadd(8), useradd(8), usermod(8), Debian Policy 9.2.2.

COPYRIGHT

Copyright (C) 1997, 1998, 1999 Guy Maor. Modificações por Roland Bauerschmidt e Marc Haber. Patches adicionais por Joerg Hoh e Stephen Gran.
Copyright (C) 1995 Ted Hajek, com muita coisa emprestada do adduser original de Debian
Copyright (C) 1994 Ian Murdock. adduser é software livre, veja a GNU General Public Licence versão 2 ou posterior para condições de cópia. Não há garantia.

COMMENTS