Manpages

NOME

update−modules − gera novamente o /etc/modules.conf e o /etc/chandev.conf

RESUMO

update−modules [force]

DESCRIÇÃO

update−modules é uma ferramenta simple para gerência dos arquivos /etc/modules.conf e /etc/chandev.conf para a arquitetura s390. Os utilitários de gerência de módulos Linux usam um arquivo de configuração para todas suas configurações. Isso torna difícil que pacotes adicionem dinamicamente informações sobre seus próprios módulos. Então o update−modules foi criado para resolver este problema.

update-modules tenta resolver esse problema criando o arquivo de configuração a partir dos arquivos localizados em /etc/modutils. Todos arquivos neste diretório são agrupados para gerar o /etc/modules.conf e o /etc/chandev.conf. Também existe um subdiretório especial (/etc/modutils/arch) contendo informações para arquiteturas especiais. update-modules determina a arquitetura e seleciona o arquivo a ser usado.

Depois de gerar os novos arquivos de configuração, uma cópia de backup será criada em /etc/modules.conf.old ou /etc/chandev.conf.old.

ARQUIVOS

Existem dois tipos de arquivos que você pode colocar no diretório /etc/modutils, arquivos normais e arquivos executáveis. Arquivos normais contém informações padrão da configuração dos módulos, como descrito em modules.conf(5). Os arquivos com extensão .chandev contém as opções do módulo, como descrito em chandev(8). O arquivo especial 0chandev.chandev contém opções de canais da camada de dispositivos. Arquivos executáveis são executados e a saída é usada como informação extra de configuração. Mensagens de erro enviadas ao stderr não são redirecionadas.

update−modules ignora arquivos que estão compatíveis com a seguinte expressão regular:

*\(\.dpkg−[a−z]*\|~\)$

(por exemplo os arquivos com a extensão .dpkg−new, .dpkg−orig, .dpkg−dist, .dpkg−old, ou terminados com ~).

OPÇÕES

force

update−modules verifica se os arquivos /etc/modules.conf e /etc/chandev.conf atuais foram gerados por ele buscando por uma tag especial na primeira linha. Se a tag não for encontrada a criação dos arquivos será abortada. Fornecendo force como parâmetro somente um aviso é impresso na tela.

VEJA TAMBÉM

depmod(1) modules.conf(5) modprobe(8) chandev(8),

BOGUES

Nenhum é claro! :)

AUTOR

Esta página de manual foi escrita por Wichert Akkerman <wakkerma [AT] debian.org> para o Debian GNU/Linux.

TRADUÇÃO

Philipe Gaspar <philipegaspar [AT] terra.br>, 2003

COMMENTS