Manpages

NOME

setfsgid − seleciona a identidade do grupo usado para verificações do sistema de arquivos

SINOPSE

#include <unistd.h> /* a glibc usa <sys/fsuid.h> */

int setfsgid(uid_t fsgid);

DESCRIÇÃO

setfsgid seleciona a ID do grupo que o kernel do Linux usa para verificar todos os acessos ao sistema de arquivos. Normalmente, o valor de fsgid será o mesmo da ID do grupo ativo. Na verdade, sempre que o grupo ativo for alterado, fsgid também será mudado para o novo valor do ID do grupo ativo.

Uma chamada explícita a setfsgid é normalmente usada apenas por programas como o servidor NFS, que precisa alterar a ID do grupo que é usada para acessar um arquivo sem uma alteração correspondente nas IDs do grupo real e efetivo. Uma alteração na ID do grupo normal de um programa como o servidor NFS é uma falha de segurança que pode expô-lo a sinais indesejados a partir de outras IDs de grupo.

setfsgid sucederá somente se o solicitante é o superusuário ou se fsgid casa com a ID do grupo: real, efetivo, persistente do usuário, ou com o valor atual de fsgid.

VALORES RETORNADOS

Em caso de sucesso, o valor anterior de fsgid é retornado. Em caso de erro, o valor atual de fsgid é retornado.

DE ACORDO COM

setfsgid é específica do Linux e não deve ser usada em programas que pretendem ser portáveis.

PROBLEMAS

Nenhuma mensagem de erro de qualquer tipo é retornada para o solicitante. Pelo menos, EPERM deveria ser retornada quando a chamada falha.

NOTA

Quando a glibc determinar que o argumento não é uma gid válida, ela irá retornar −1 e atribuir EINVAL a errno sem tentar a chamada de sistema.

VEJA TAMBÉM

setfsuid(2)

TRADUZIDO POR LDP-BR em 29/08/2000.

André L. Fassone Canova <lonelywolf [AT] blv.br> (tradução) Marcus Vinicius S. Brito <pazu [AT] visaotec.br> (revisão)

COMMENTS