Manpages

NOME

ioperm − seleciona as permissões de entrada/saída na porta

SINOPSE

#include <unistd.h> /* for libc5 */
#include <sys/io.h>
/* for glibc */

int ioperm(unsigned long from, unsigned long num, int turn_on);

DESCRIÇÃO

Ioperm seleciona os bits de permissões de acesso para processo num iniciando a partir do endereço da porta from para o valor turn_on. O uso de ioperm requer privilégio de superusuário.

Somente a primeira porta de E/S 0x3ff pode ser expecificada desta maneira. Para mais portas, a função iopl pode ser usada. Permissões não têm herdeiros herdados em bifurcações, mas em execução elas tem. Isto é útil para fornecer permissões de acesso a porta para tarefas não privilegiadas.

VALORES RETORNADOS

Em caso de sucesso, zero é retornado. Caso contrário, −1 é retornado, e errno é selecionado adequadamente.

DE ACORDO COM

ioperm é específica do Linux e não deveria ser usadas em programas que pretendem ser portáveis.

NOTAS

Libc5 trata esta como uma chamadaa de sistema e tem um tipo primitivo em <unistd.h>. Glibc1 não tem um tipo primitivo. Glibc2 tem um tipo primitivo em <sys/io.h> e também <sys/perm.h>. Evite o Segundo, ele só somente é disponível em i386.

VEJA TAMBÉM

iopl(2)

TRADUZIDO POR LDP-BR em 21/08/2000.

André L. Fassone Canova <lonelywolf [AT] blv.br> (tradução) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx <xxx [AT] xxxxxx.xx> (revisão)

COMMENTS